Amieiro

 

Nome científico: Alnus glutinosa 

Origem: Autóctone

Porte: Até 30 m

Longevidade: Entre 100 a 150 anos

Floração: Fevereiro a março

Onde se pode observar: Margens do estuário e do rio Neiva.

Valor Ecológico: Forma simbioses radiculares com  Frankia alni – uma bactéria filamentosa fixadora de azoto. A queda das folhas no outono protege o solo e favorece a formação de húmus. Funciona como uma barreira natural contra o vento.

Curiosidades: Madeira muito utilizada no fabrico de mobiliário. Da casca retira-se uma tintura, avermelhada ou negra, que pode ser aplicada no tingimento de lãs, peles e redes de pesca. As suas folhas e casca são ricas em taninos.

 

Saber mais

(mais…)

Guarda-rios

 

Nome científico: Alcedo atthis

Estatuto de Conservação em Portugal: Pouco Preocupante

Estatuto de Conservação Global (IUCN): Pouco Preocupante

 

Fenologia: Residente.

Endemismo: Não endémico

Dimensões: Mede entre 16-17 cm de comprimento.

Dieta: Mergulha para apanhar pequenos peixes a partir de um poleiro ou pairando sobre a água.  Complementa sua a dieta com crustáceos, insetos e anfíbios.

Onde & quando observar: Muito comum ao longo da foz do Rio Neiva, sobretudo no inverno. A partir de abril sobe o rio para se reproduzir.

(mais…)

Lontra-europeia

 

Nome científico: Lutra lutra

Estatuto de Conservação em Portugal: Pouco Preocupante

Estatuto de Conservação Global (IUCN): Quase Ameaçado

 

Fenologia: Espécie residente

Endemismo: Não endémico

Dimensões: Tem um comprimento de 59-75 cm. A cauda pode chegar aos 35-49 cm.

Dieta: Alimenta-se sobretudo de peixes, embora a sua dieta possa incluir anfíbios, insetos, crustáceos e, em menor escala, pequenos mamíferos, répteis e aves.

Onde & quando observar: Podem ser avistadas ao longo de todo o rio Neiva, incluindo no estuário. A melhor altura será ao crepúsculo.

Curiosidades: Possui glândulas odoríferas na base da cauda que lhe conferem um cheiro almiscarado. O odor corporal assume um papel de relevância na comunicação de limites territoriais, identidade e estado sexual na espécie.

 

Saber mais: (mais…)